Imagem: IPhone Tracker, fonte: http://petewarden.github.com/iPhoneTracker/

 

Novo dossie “Ciberpolítica, Ciberdemocracia e Cibercultura“, publicado pela revista Sociedade e Cultura, da Faculdade de Ciências Sociais da UFG.

Abaixo, o link para um artigo que publiquei na coletânea.

 

 

ARTIGO: Parra, Henrique Z.M. (2012). Controle social e prática hacker: tecnopolítica e ciberpolítica em redes digitais. Sociedade e Cultura, Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Federal de Goiânia, v. 15, n. 1, p. 109-120, jan./jun. 2012.

Download PDF: http://www.revistas.ufg.br/index.php/fchf/article/download/20677/12328

Resumo: Ao analisar alguns casos concretos, relativos às possibilidades de controle e acesso à informação em redes digitais, discutiremos como essas situações dão forma à política na cibercultura. Trata-se de pensá-la simultaneamente como o conflito pelas configurações sócio-técnicas das tecnologias digitais (tecnopolítica), e as dinâmicas da política ciberneticamente mediada (ciberpolítica).Ao articular essas duas dimensões analisaremos como a constituição e os modos de apropriação desses dispositivos definirão o que adentra ou não o campo do visível e do enunciável, portanto, o campo da regulação pública e do controle, dando forma a novos territórios de direitos, resistência,conflitos sociais e exploração econômica.

Palavras-chave: tecnopolítica; ciberpolítica; cibercultura; controle; protocolo.