Breve glossário dos tempos pandêmicos

Texto elaborado por Silvana Leodoropara a Revista Pimentalab – Abril 2021, V.1 – “É isso o futuro?” Imagem: Ex de Medici Abate, aceleração, ações de capital, acordo comercial, acumulação primitiva, aditivo, administração, agenda liberal, agenda setting, aglomeração, agricultura intensiva, agroecossistema, agronegócio, agropecuária, aldeia global, algoritmo, alienação, alternativas infernais, androcentrismo, antropoceno, aplicativos, aporte de capital, aquecimento global,…

Luto em tempos de sacrifício

Texto elaborado por Bru Pereira,para a Revista Pimentalab – Abril 2021, V.1 – “É isso o futuro?” A história contemporânea já não se escreve a partir dos sobreviventes, mas a partir do número de mortos. — Sayak Valencia. Capitalismo gore. Penso que, se ainda posso me dirigir a um “nós”, ou me incluir em seus…

Neoextrativismo, guerra de mundos e hegemonia cibernética: como nos tornamos um laboratório pandêmico?

Texto elaborado por Alana Moraes,para a Revista Pimentalab – Abril 2021, V.1 – “É isso o futuro?” Em 2020, Jaime Vindel lançou um livro intitulado “Estética Fóssil: imaginários da energia e crise ecossocial”. Diferente das análises mais correntes sobre a relação entre a energia proveniente dos combustíveis fósseis, a emergência da física termodinâmica e a…

A pandemia como catalisadora da asfixia da educação

Texto elaborado por Rafael Malhão,para a Revista Pimentalab – Abril 2021, V.1 – “É isso o futuro?” A formação histórica brasileira privilegiou a produção de uma condição perceptual quase imune às múltiplas violências com as quais os brasileiros se defrontam cotidianamente. E, em alguma medida, boa parte das violências rotineiras que presenciamos no Brasil são…

Cultura protocolar, delegação maquínica e o fim da confiança

Texto elaborado por Henrique Z.M. Parra,para a Revista Pimentalab – Abril 2021, V.1 – “É isso o futuro?” Há uma cena comum — registrada em milhares de fotos dos acompanhantes das pessoas vacinadas contra o vírus Sars-CoV-2 — que é reveladora do esfacelamento do social. Diante das inúmeras incertezas que cercam o momento especial de…

O Não-Teatro e a Peste

Texto elaborado por Gustavo Lemos,para a Revista Pimentalab – Abril 2021, V.1 – “É isso o futuro?” A essa altura já nos familiarizamos um bocado com as descrições clínicas da Covid-19, ao redor das quais orbitam os investimentos, as pesquisas, as notícias, as medidas de contenção. Mas a biomedicina não esgota a discussão: basta ver…

Tecnoceno e Hegemonia Cibernetica

Tecnoceno e Hegemonia Cibernetica por Henrique Parra Em cada momento histórico podemos estabelecer relações de interdependência e codeterminação entre as dinâmicas socioeconômicas, as instituições e formas de ação política, as formas de produção-circulação-acesso ao conhecimento e as formas tecnológicas predomiantes. Tecnologias de plantio, tecnologias mecânicas e térmicas, a escrita, sistema burocráticos (pré-estatais e estatais), eletricidade,…

Tecnosistema: tecnologia e política

por Henrique Parra A Pandemia Covid19 provoca um corte radical em nosso cotidiano. Nessa situação de brusca interrupção das rotinas e diante das novas demandas de organização da vida, deparamo-nos com muitas coisas, habitos e dispositivos que estavam naturalizados e invisibilizados em nosso cotidiano. Por lado, vive-se uma tremenda dificuldade em se realizar algumas tarefas…

Sociologia da Educação na Pandemia Covid-19 – experimentar presença

Na primeira semana de agosto reiniciaremos o curso interrompido em março pela Pandemia Covid-19. Ela não passou e ainda estamos num momento de grande propagação do vírus e com elevado número diário de mortos. A retomada das aulas à distancia (ADE, EAD…pouco importa) está cercada de controvérsias. Antes dessa decisão institucional eu desejava outro coisa…

Dimensões de um laboratório do comum

Os laboratórios cidadãos funcionam sob um complexo arranjo sociotécnico, simultaneamente simbólico e material, normativo e pragmático. Há uma política cognitiva que se manifesta numa ética e num conjunto de práticas e tecnologias relacionadas ao modo de conhecer. Há uma tecnopolítica que se realiza nas configurações das mediações técnicas da interação social. Há uma economia política,…

Sobre a alegria de pensar e agir juntos

Fragmentos, do capítulo 16, do livro No Tempo das Catástrofes, de Isabelle Stengers. Nós, herdeiros de uma destruição, os filhos daqueles que, expropriados de seus commons, foram a presa não apenas da exploração, mas também das abstrações que faziam deles qualquer um, temos que experimentar o que pode recriar – “fazer pegar novamente”, como se…

Saúde coletiva e tecnopolíticas do comum

Apresentação realizada no 12° Congresso da Associação Brasileira de Saúde Coletiva, no Rio de Janeiro, 27 de julho de 2018. Mesa Redonda 55 – Direito à saúde, direito a uma vida comum: novas formas de lutar em tempos de neoliberalismo. Coordenador: Henrique Sater de Andrade – UNICAMP (SP) Expositor: Tadeu de Paula Souza – UNIVERSIDADE…

Políticas do comum: alianças entre o sensível e o intangível

  Resumo: Quais os modos de relação entre a produção do comum e a experiência sensível, na prática investigativa, educativa e política? Nesta atividade pretendo compartilhar algumas idéias sobre este problema-convite lançado pela equipe da Bienal. A partir da diversidade de sentidos atribuídos ao “Comum” na atualidade, discutiremos algumas práticas (culturais, científicas, ativistas) onde podemos…

O poder é logístico

  O poder é logístico, bloqueemos tudo  [1] O poder é a própria organização deste mundo, este mundo preparado, configurado, designado. Aí está o segredo, de que não há segredo nenhum. O poder é agora imanente à vida, tal como a vida é agora organizada tecnologicamente e mercantilmente…Determina a disposição do espaço, governa os meios…

Como fabricar um Leviatã com um tweet e um telejornal

A unidade do Leviatã é uma ficção que precisa ser fabricada continuamente. A Internet, em sua fase inicial, ampliou a possibilidade do dissenso e da agência política distribuída sem a necessidade de grandes estruturas ou de um horizonte de totalidades constituídas. Porém, em poucos anos, grande parte da internet foi colonizada para funcionar sobre o…

Do protesto aos arranjos tecnopolíticos: recursividade e reticulação

  Tomar as ruas, protestar e expressar nossa indignação é fundamental. Porém, pressionar os governos e as instituições já não parece ser suficiente para traduzir as reivindicações das ruas em novas políticas ou práticas institucionais. Essa crise não é exclusiva do Brasil, mas aqui a situação adquire formas e conteúdos específicos. E como em toda…

Epistemologias da prática, saberes profissionais e a arte de documentar

Paralelamente às leituras preparatórias para a aula desta semana, encontrei outros trabalhos de inspiração para a disciplina Ensino de Sociologia II deste semestre: (a) o site de Tomas Sánchez Criado ; (b) a entrevista com Pelle Ehn, sobre design colaborativo a apropriação tecnológica [1] Quando penso no estágio supervisionado com um laboratório entendo que: (a) iremos…

Deve ser a Lua: outras escalas políticas

A Lua já quase virou, cheia! Ontem jornada estendida na universidade. Início de mais um curso, experimentações. Criamos laboratórios onde o comum está sob ameaça. Formas de (r)existir, vamos investigar coletivamente! Hoje trabalho na casa. Saio pra comprar uma torneira, alicate de pressão, cesto plastico pra roupa suja, topwares…Comércio popular da região onde moro é…

Back to Basic

É curioso como neste momento de crise, entramos em contato com as memórias de outros períodos críticos da história. Diante de algumas situações nos últimos meses, tenho uma estranha sensação de que estamos passando por um novo giro na história, e como numa espiral algumas coisas parecem uma repetição. Porém, já estamos noutro lugar, tudo…

Debates sobre a ocupação do campus da EFLCH

Como alguns emails trocados entre os professores da EFLCH/Unifesp acabam circulando para além das listas em que foram originalmente escritas, vou adotar a prática de publicizar algumas mensagens que escrevo em contextos de crise. Evidentemente, farei isso levando em conta a não exposição de terceiros que por ventura estavam envolvidos na conversação dentro da lista….